Certificação digital | Conectividade Social e controle do FGTS

Até o final de 2011, de acordo com a legislação, todas as empresas deveriam se ajustar ao novo canal de relacionamento da Caixa Econômica Federal, exclusivamente via web, para o cumprimento das obrigações relativas ao FGTS. Com o canal Conectividade Social os procedimentos antigos de instalação de softwares e emissões de arquivos via disquetes à Caixa estão descartados.

Por meio da
Circular Caixa nº 566, de 2011, o prazo anteriormente estabelecido foi prorrogado para 30/06/2012, observadas as demais regras correspondentes à matéria, ficando estendido, até a mesma data, o prazo de validade de que trata o subitem 2 da Circular CAIXA nº 480, de  2009.

A mudança visa maior facilidade para a realização dos serviços, segurança às empresas e comodidade aos usuários, que poderão ter acesso on-line às informações referentes ao seu FGTS, com o uso de assinatura digital. O certificado eletrônico segue o padrão IPC-Brasil e pode ser obtido por terceiros, via procuração eletrônica.

A Conectividade Social propiciará a transação eletrônica em diversos sistemas e aplicativos, tais como internet banking, Receita Federal e Estadual, serviços eletrônicos de FGTS, operações no Judiciário, entre outros.

O canal é disponibilizado gratuitamente aos escritórios e empresa de contabilidade e utilizado para a transmissão dos arquivos gerados pelo programa Sistema de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (Sefip), bem como a operação de toda a sistemática envolvendo Caixa/PIS/Empresa. É possível, ainda, visualizar e imprimir o relatório de Informação de Saldo (IS), por meio do Visualizador de Relatórios.

Os escritórios de contabilidade precisarão de uma procuração eletrônica de seus clientes para ter acesso ao sistema.

Benefícios

· Simplifica o processo de recolhimento do FGTS;

· Reduz custos operacionais;

· Disponibiliza um canal direto de comunicação com a CAIXA, agente operador do FGTS;

· Aumenta a comodidade, segurança e o sigilo das transações com o FGTS;

· Reduz a ocorrência de inconsistências e a necessidade de regularizações futuras;

· Aumenta a proteção da empresa contra irregularidades;

· Facilita o cumprimento das obrigações da empresa relativas ao FGTS e à Previdência Social.

Últimas Notícias

Comissão aprova projeto que dá isenção tributária para microempresas com receita anual de até R$ 96 mil

A Comissão de Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei Complementar (PLP) [...]

Saiba mais   

INSS começa a pagar nesta sexta décimo terceiro antecipado

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber nesta sexta-feira (24) a segunda parce [...]

Saiba mais   

Com oito dias para acabar o prazo, mais de 30 milhões já entregaram Imposto de Renda

Mais de 30 milhões de contribuintes já entregaram a sua declaração do Imposto de Renda a oito dias do término do [...]

Saiba mais   
Todas as Notícias