Valorização do funcionário: sua empresa só tem a ganhar

É preciso mais do que bons salários para motivar uma equipe.

A jornalista Cristiane Medeiros anseia por uma promoção na empresa de comunicação em que trabalha. Há quatro anos ela executa as mesmas tarefas, sem novas responsabilidades e desafios. A insatisfação tem prejudicado seu desempenho profissional, ainda mais quando a chefe lhe diz que não há pretensões de plano de carreira na empresa. Mais do que um bom pagamento no mês, Cristiane sofre com a falta de reconhecimento profissional.

E para que sua empresa ganhe com isso é preciso utilizar uma das principais ferramentas motivacionais: o elogio. Claro que ele deve surgir quando há merecimento, buscando sempre incentivar cada vez mais o trabalhador, sem ser piegas ou exagerado. Esta função deve ser exercida por uma única pessoa, o gestor. Cabe a ele dizer ao funcionário que o trabalho dele é importante e que faz parte do “todo” da organização.

Com este mecanismo simples, o profissional sente-se reconhecido, transformando o ambiente organizacional e deixando-o mais produtivo e agradável. A atitude, neste caso, vale mais do que um contracheque “gordo”. Além do elogio, outros fatores efetivamente motivadores são: responsabilidade (desafios) e reconhecimento profissional, inclusive por meio da premiação.

É importante ainda que o gestor conheça e reconheça cada membro de sua equipe como único e distinto, respeitando-o e procurando entender seus valores, expectativas e ambições. Bons gestores são aqueles que utilizam, da melhor forma possível, os instrumentos gerenciais disponíveis na organização.

Portanto, se o empresário puder unir estas ações será ainda melhor para motivar os colaboradores. Quando uma pessoa escolhe, ou está exercendo uma função, ela busca realização pessoal com o trabalho. Essa realização é proporcionada pelo desafio que sua carreira lhe traz e, depois de tanto esforço para executar uma tarefa tão difícil ou trabalhosa, o que o colaborador espera é o "desaparecido" reconhecimento.

Salário e recompensas são apenas conseqüências de um bom trabalho. Porém, as empresas que não motivam seus empregados podem perder seus melhores colaboradores. Muitas empresas estão de olho em profissionais de outras corporações, principalmente os qualificados. Para os trabalhadores, é fundamental se aperfeiçoar sempre. O conhecimento é que faz diferença. Assim, é fácil observar que o sucesso de uma empresa é a conseqüência direta da satisfação de seus colaboradores, trazendo bons frutos para eles e para os empregadores.

Fique sempre em dia!

Obrigações do dia: 21/Junho/2024 – 6º Feira.

Obrigações do dia: DCTF Mensal | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais.

Últimas Notícias

Segundo lote de restituição do Imposto de Renda terá consulta liberada nesta sexta-feira

A Receita Federal libera nesta sexta-feira (21) a consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda. O contribuinte poder&a [...]

Saiba mais   

Selic em 10,5% anima mercado e decepciona setor produtivo; entenda

Após sete cortes consecutivos, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central do Brasil decidiu nesta quarta-fe [...]

Saiba mais   

MEI’s Poderão Ter Direito Ao Seguro-Desemprego

O Governo Federal avalia novas propostas que podem beneficiar diretamente os Microempreendedores Individuais (MEIs). Entre os possíveis bene [...]

Saiba mais   
Todas as Notícias